a brincadeira acabou, mas ainda tem texto para se perderem..

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Natal? O que você acha disso?

Me lançaram uma pergunta, e por mais que eu sempre tenha sonhado com aquele natal perfeito com a familia inteira reunida  aquela arvore gigante que passamos varias horas fazendo-a junto com a familia, aquela mesa cheia de receitas da época, e etc... eu acho que o natal é realmente algo que não passa de pura estória...


"Vc acha hipocrisia reuniões familiares de natal, quando na verdade o certo seria união durante todos os dias do ano? bPseudopoeta

Sim, natal tem seu símbolo de amor e compaixão, perdão e recomeço etc... Mas tudo não passa de mero símbolo, de uma estórinha.. Falsos sorrisos e agradecimentos. A história realmente não existe. Natal não passa de algo simbolico. Essas reuniões familiares deveriam acontecer sempre que possível, por qualquer motivo bobo, uma nota alta no boletim, um aniversário, algo conquistado, um namoro reatado... E assim por diante."

E você, o que responderia para o Poeta?

Formspring.me (alguém pergunta?)

De mim, para eu mesma.... Na triste solidão natalina sem perguntas de curiosidade de minha vida.
Apenas meu espelho refletindo  a mim mesma. Meus atos já conhecidos, e pensamentos repetitivos.
Só uma ajudinha de meus amigos que eu não conheço para fazer desta tarde/noite significante.

"Novamente só nós duas amiga. Na solidão do mundo sem perguntas. Na tristeza natalina do céu sem neve, ou chão sem nuvens claras. Novamente só nós duas amiga. Eu, e eu mesma. Cada uma um espelho da outra. Cada uma refletindo o sentimento na outra. Mas nenhum deles são compartilhado com o próximo... Mas uma vez, só nos duas. by tattyscavone


Mais uma vez só nos duas... Alguma pergunta? "

Raras visões do dia


Tenho costume de olhar para o céu e pensar, mas isso normalmente acontece no luar... No clarão das estrelas. O fogo do sol lembra-me o bem, e não tenho costume de escrever sobre isso... Mas hoje ao olhar para o céu as sete e 50 da manha pensei... Pensei bonito, mandei para um amigo, para aquele a quem dedico este texto, e ele falou como uma ordem: COLOCARÁ EM SEU BLOG!!?!!. --- CLARO disse a ele. Então vim aqui postar sobre esse pensamento.

Olhei para o céu e o que vi foi extraordinário. Três coisas, cada um em seu tempo. O tempo necessário para que pudesse admira-las e sentir o adorável gosto do prazer que as palavras trouxeram quando surgiram em minha mente: --- Nossa, parece que estou no céu, e que o chão agora é o céu. Estou de ponta cabeça! - no mesmo momento a sensação gostosa de algo estar me virando agarrou-me pelos ombros. Suave brisa essa que empurra alguns algodões que escapam de alguma maria fumaça. Algo deu vida naquelas espumas fofas de se ver, mas vazia de se entrar na nuvem. Leves e livres flocos de nuvem-neve-algodão passeando calmamente sem hora para ir e para vir... apenas seguinto seu destino com a chuva... CHUVA ISSO. arco-íris, o belo sol que brilha pelas nuvens mais finas..esse reflexo nos da a ilusão de sete belas cores. Um arco-íris, uma simples e curta fresta de arco-íris ao lado da neve-nuvem e na diagonal a nuvem-fumaça da maria fumaça COMO O CÉU ESTÁ ESPLÊNDIDO!

Mas então fiz o erro de parar meus olhares para as nuvens e ir para o  computador, escrever tudo para meu amigo. Ao voltar a janela tive uma péssima surpresa: As nuves tinham se ido, e nenhum sinal de despedida, sumiram do chão nevado. O arco-íris também desapareceu, e levou ele toda minha ilusão de vista. Pelo menos a maria fumaça ainda está a passar, e agora com maiss velocidade, vi no céu um conjunto de nuvens todas em um linha certa e todas em uma ordem irreal... Completamente INCRÍVEL!


Pois é amigo novo pra você João Alberto =)

(o desenho ao lado foi eu quem fiz!!!)

What Am I To You - Norah Jones

Sinta querida, sinta, respire fundo e fale para si mesma, concorde com o mundo, mesmo se ele estiver errado. Sinta querida, sinta o que os ares estão a te dizer, não importe se eles estão a soprar para o lado errado. Simplesmente querida, sinta. Expanda seus sentidos do amor. E exclua a chuva de dentro de você. Sorria querida, sorria. Mostre para si mesma o brilho de seu sorriso. Simplesmente sorria para o mundo, mesmo se ele estiver contra você - e ele sempre estará. Admire querida, admire. Admire o céu encoberto pelas pesadas nuvens da tristeza, Ria para elas querida, ria, mostre a elas que você pode passar pela chuva sem se molhar. Abra querida, abra. Abra seu guarda chuva e coloque suas botas de borracha. Nenhum raio da morte passara em você. Seja real querida, exista.

Formspring.me 2

MAIS UMA DO JOAO ALBERTO:

"Às vezes é preciso lembrar às pessoas que te rodeiam que elas são importantes pra você e que o contato que vocês mantêm é genuíno livre de qualquer interesse prejudicial a ambas as partes,reais são as pessoas que fazem bem a você todas que forem importantes e com as quais você quer lembrar que são importantes essa época do natal é propícia a essa nobre atitude,o q acha?"


"Acho que eu não tenho sentimentos.. Posso entrar no espirito natalino e vos ajudar.. Mas não creio que minha gratidõ e sorriso são para todos... Amo a todos, mesmo aueles que digo que odeio. Pois cada passagem de cada um de vocês tem um grande significado para mim. Mas com o tempo vocês escorregam, eu escorrego, e com isso vem os erros. Os primeiros. E eu não costumo perdoa-los quando isso sigifica perdoa-los. Pode ser errado. É errado, mas prefiro cometer esses erros a perdoar pessoas que não merecem a mim. Pessoas que um dia me fizeram mal. Isso é muito comum. Infelizmente até de mais. As pessoas costumam me usar pois sou "facinha", digo: minha confiança é conquistada apenas ao conhecer. Apenas ao primeiro olhar. Ao primeiro beijo. Pois até ai, vocês não fizeram nada prejudicial a mim. Um pai chamar a filha de prostituta, por ridiculo e exagero ciume. Realmente é para se perdoar? Talvez, ele estava muito bravo e enciumado. Mas não é algo respeitoso, principalemnte em publico - minha mae e meu IRMÃO. Sua melhor amiga falar mal de você xincando-a por traz de puta porque o namorado - que nem amor mais sente por ele - fica dando em cima de mim é perdoável? Talvez, ela estava em momento de fúria. Mas não conhece a verdadeira historia. O namorado não a contaria a verdade. E eu tinha testemunhas. Enfim, não sou o tipo de pessoa que da chances. E todas as vezes que o fiz, me passaram para trás. As pessoas não costumam me fazer bem, e eu também não costumo a lhes transmitir sorrisos... Então prefiro uma boa briga, do que boas risadas. De qualquer modo os sorrisos se reviraram contra mim... Triste pensar assim..."

CONCORDAM? COMENTE...

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

E eu continuo aqui.

Os dias estão passando muito rápido.
E eu não consigo mais viver o presente.
A terra esta girando e eu não quero a acompanhar
Neste ciclo igual a tantos anos.

As horas estão mudando brevemente
E o céu continua igual. Ali. Parado
A terra gira em seu igual sentido cansada
E nós a seguimos envelhecendo-a mais rápido.

Os momentos estão ficando no passado
E minha lembranças são ironias do passado.
Triste é relembra-las.
Triste é presencia-las em sono.

Os momentos são iguais. Os dias  também
As horas passam e tudo se repete
As lembranças continuam ali,
Mas não a achamos.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Formspring.me

Já  faz algum tempo que entro nesse site formspring.me, e vou falar que é algo que realmente vicia. Um site de perguntas e resposta, idades de 1 a 100, pessoas das menos cultas, para as mais sabidas. Eu indico, mas cuidado, vicia mesmo! Já passei quase 3 noites em claro.. Uma delas eu passei mesmo..... Enfim, ultimamente estão fazendo perguntas muito inteligentes para mim - algumas até de mais ;) - e eu adoro responde-las, e gostaria de falar um pouco aqui sobre elas....
Fiz várias amizades neste sit, posso dizer que algumas nem sejam amizades, mas gostei de duas pessoas especificamente, uma delas é esse carinha aqui de dezoito anos, João Alberto, que me fez uma pergunta bem curiosa:
"Pense q vc tem a chance d escrever hj a citação q ficará na sua lápide,o q seria?"
Agora,pergunto a vocês, leitores de meu blog - como se tivesse muitos =) - o que colocariam como resposta? Pensariam muito para responder? Eu não demorei mais de dois minutos, que foi o tempo de: ler, entender, formar minha resposta, digitar e enviar. 
"Uma ,mulher inteligente mas que a usou de uma maneira mal pensada. Ou quem sabe ela tinha planos para o futuro.. Ela teve esses planos, viveu do sofrimento, mas sorria todos os dias, sorrisos reais, falsos, sorrisos. Pelo menos ela sorria, você sorri? Uma menina forte e de muitas experiências, corajosa, mas que adorava sentir medo. Posso dizer que ela viveu bem, ou, o suficiente para morrer em paz."


O que acharam de minha resposta? Responderiam igual? Diferente? Como?

domingo, 20 de dezembro de 2009

Tortura.

Em um espelho de vidro, do lado de fora eles te vêem, do lado de dentro você se vê. Você está preso, e sem forças suficientes para respirar. Grita por ajuda, mas tudo é um truque. Não seu, deles. Todos te escutam, mas ninguém te responde.
Em um espelho de vidro, você ve você vivendo sua morte, seus labios antes vermelhos esadios agora estão arroxeados e racho. Você está preso, e sem força suficiente para falar, o que ve em sua frente é apenas seu reflexo. Faz questão de encontrar seus olhos. O encara.
A sala de repente fica escura. pequenos fios de luz batem em um lugar especifico do espelho. Uma sirene alta começa a tocar. Você está sendo torturado. O oxigênio de repente volta a entrar em seus pulmões, você tosse.
De uma maneira estranha, você descobre que está amais de dois dias dentro do quarto escuro, não dorme direito a tres dias. Não come a dois. As luzes ascendem. O espelho esta rachado, inteiro rachado. Você procura e acha uma pequena parte que seu rosto coibesse inteiro no relexo. Você não se reconhece. "Quem es este?" pergunta para si mesmo.
A luz começa a piscar rapidamente, seus olhos não conseguem acompanhar, então os fecha forte. Novamente a sirene toca. Seus ouvidos escutam um pequeno som. Um som conehcido. De choro. Mas o chovo vai se distorcendo, Uma gravação. Abre seus olhos ao escutar algo estourando. O espelho.
Na pequena sala não existe um espaço se ter sem lascas de vidro. para passar para o outro lado, você precisa se arriscar a andar tres metros em vidro, você ve sangue por toda parte. Sente medo, mas segue em frene. Quando coloca seu pé ossudo e sangrento parafora em seu primeiro passo. Um choque.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Afoga-se!

Se afogar em um mar de mentiras
Pecar pela certidão.
Amar o erro e continuar.

Se afogar em uma lagoa de "adeuses"
E  roer as unhas de nervosismo.
Sentir a dor e elogia-la.

Se afogar em uma piscina rasa
Ajoelhar nela, e pedir perdão.
Ninguém pode culpar alguém por amar!

O que esperar de 2010?

2010 será meu 2009. Esperarei mais responsabilidade, saúde, amor e liberdade.
Torcerei para boas notas.
Estudarei para que em 2011 consiga que quero!
Para que com isso, em 2013, esteja estudando feito uma loca numa faculdade genial como eu!


Espero de 2010 mudanças. Novos. Novas.
Esperarei de 2010 uma chance ;)

Sonhos fechados

- Sonhos fechados, - fechei os olhos - ou sonhos abertos - os abri -. Olhos molhas ou pelos silhos cobertos? Uma lágrima - peguei em sua mão -, ou um sorriso? - ajoelhei-me a seus pés.
- Um sonho, meu querido - levantou-me ela, com seu leve toque em quem queixo - és um sorriso. Se eles estão abertos - balançou a cabeça -, não sou a dona deles para obter tal resposta. - suspirou.- Mas, uma lágrima és mais confiável que um sorriso. Seu sal, não és o mesmo se seu choro for falso. - a olhei confuso -. Pesso-te para parar de fingir.
- Não finjo meu amor. Tu és quem finge o teu!
- Não julgue sem ter certeza, querido amigo. Sabes que te amo - tocou-me o rosto com as costas de sua mão - mas não posso leva-lo comigo. Meu sentimento és mais forte do que meu amor.
- Como podes dizer isso? Amor não és um sentimento?
- Para tu és um? - disse ela, e partiu.

Ensaiando..

Rodopiei e parei na pose ensaiada em meus sonhos. Tudo corria agradavelmente bem. A música tocava sem interrupções, todos agiam normalmente e ele... Ele estava se aproximando de mim, talvez rápido de mais. A música prosseguiu, e ele me encarou forte. Tive que disfarçar meu olhar presos nos olhos dele. Olhe para o chão contando seus passos. "Sim, ele estava adiantado.". A musica de repente parou, nós as seguimos. Nos olhamos, e enfim:
- Professora, porque parou a música? -perguntou ele.
- Você estava adiantado e novo Pedro! - esbravejou ela. Ri baixinho.

Pedido Escutado; Mas não cumprido.

Pedi a alguém que me mandasse rosas.
Mas dei a ele um punhal.
Pedi a alguém uma carta de amor.
Mas tirei dele seu sangue.

Concordei em ficar muda.
Ele falou de mais.
Concordei com nosso acordo.
Não deu certo.

Pedi a alguém um beijo.
O dei para ele, mas errei novamente.
Prometi não errar.
Mas o ser humano é um erro.

Tentei ser perfeita.
Isso me fez perceber minha imperfeição.

Um sorriso seria de mais para mim.

Ei, me sinta ai.
Respirei meu calor
E exale seu cansaço.
Ei, confie em mim.
Acredite que serei eterna.
Abra, mais do que seus olhos,
Pois eles sem sua mente,
Não são nada.

Olá, e me escute a falar.
Pediria mais, mas não seria correto.
Então falo num pedido:
Um resgate de energia:
Uma consideração, um desejo:
Ou uma alegria...
Um sorriso seria de mais para mim.
Não aguentaria viver sem ele,
Se o visse novamente.


Um sorriso seria de mais para mim.
Não saberia viver sem ele,
Se o sentisse novamente.
Calorosa e sorridentemente aproximo-me de você, Irá me abandonar?
É normal, todos cometem o erro de errar.
Ser abandonada, é normal,
E delicioso em meus braços.
Quer se aconchegar?


Hey, me sinta ai
Respirei meu calor
E exale seu cansaço.
Hey, confie em mim.
Acredite que eu serei para sempre.
Abra mais do que seus olhos,
Pois eles sem sua mente,
Não são nada.


Olá, e me escute a falar.
Pediria mais, mas não seria correto.
Então falo num pedido.
Um resgate de energia.
Uma consideração, um desejo.
Ou uma alegria.
Pesso-te a uma troca gostosa
De abraços, e sentimentos.
De beijos e medos.
De cansaço e desespero.
De lagrima


De desejo

Respiração fatal

... O que entende do titulo?

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Errante anonima

Sincera e exagerada.
Cansativa e dolorosa.
É bom sentir.
Mas a culpa não ésua.
Sei que me pediu para não fazer isso. Prometo que será a ultima.
Não sei quais você leu.
Mas saiba que a dor é boa.
Não é um tipo de masoquismo.
É um tipo de amor.
Você sabe o que eu sinto.
Eu não sei o que você REALMENTE sente.
É esse meu/nosso unico problema.
Talvez eu tenha medo de receber um não.
Quais são as probabilidade de eu receber um sim?
Se alguma lágrima minha cair, será tarde de mais para me desculpar?
Será.

Será que alguma parte de você ainda tem algum interesse,
pela menininha que não consegue fechar o casaco?
Eu continuo igual. Só que cresci.
Talvez meu erro tenha sido aprender a mecher com o sentimento.
E saber brincar com eles.
Mas pedir para que eu os guarde em meu peito...
Isso seria masoquismo.
Talvez eu tenha medo de saber o que você sente por mim.
Sua falta de jeito...
Esse foi o nosso erro.
Minha falta de jeito em saber lidar com a sua "no passado"

Em relação ao respirar e não sentir meus pulmões cheios, esta sensação é nova!
Estranha. Mas é a unica maneira de te ter...
Sim, estou sendo infantil, e levando tudo muito a serio.
Mas é a unica forma. Eu vou aprender. Te prometo tá =)

Não sei se posso cumprir seu pedido...

No quem sou eu do orkut 2

Sou um mistério. Sou ela, e outra ao mesmo tempo. Seu espelho talvez. Sou alguém quem você pode confiar, mas não diria que sou confiável para meus inimigos. Sou o bem, e o mal. Sou quem você queira que eu seja. Sou sua imaginação.

Eu matei ele. Agora você me mata. Faz sentido

Não consigo não falar/ com você./
Minhas lágrimas vem/ em seguida.
Sempre pensando se terei realmente/  um chance com você.
Vem cada vez de um modo diferente.
Acendo uma vela pedindo por nós
e na tela do meu computador ela reflete dizendo
_____. O que ela diz? Você sabe?
Eu gostaria de saber. A verdade está escondida em você.
Minhas esperanças mudam de um modo que machuca,
e você se diverte. Você ri. Como se eu fosse.
Como se eu fosse eu mesma, rindo de um outro alguém...
Um aguém que sente por mim o que eu sinto por você.
E você ri de meu sofrimento, somo um dia pareceu que eu ri,
Do sofrimento dele.


Tem um nome isso. Não tem?
Condenada? Talvez esteja, durante alguns anos.
Mas o Prazo já passou. Talvez seja dobrado, é isso.


É olhando no espelho e o que vejo é você.
Olhava no espelho e ria dele. E meu sorriso se misturava junto do seu
Mostrando-me o meu futuro. Mas eu não sabia.
Se soubesse talvz teria sido diferente.
Talvez não.  Agente nunca sabe.

Hoje olho em meu espelho e choro, 
em minha lagrimas assisto uma triste cena:
Um cachão aberto e dentro dele. Ele tal homeme que um dia me amou.
E eu o matei de amor. O matei por não amor.
A cena anda para trás e nela o vejo tomando comprimidos para dormir.
Mais do que ele deveria tomar para ter uma noite de sono.
Meus olhos voltam para a realidade.

Olho em meu espelho e sofro
por amar
e matar. 

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Nem leem.

Quem lê isso aqui?
Alguém se importa realmente com as coisas que escrevo?
Alguém concorda? Discorda?

Se importa?

Alguém gosta do que escrevo? Mesmo achando bobo, ou sem fturo?
Alguém já ouviu falar de mim?
Quem sabe quem sou eu? Quem realmente sou?
Alguém está agora se preocupando direito comigo, para entender o quanto estou sofrendo?
Por algo que paece nunca acabar.
A dor que sinto ao falar.
É tudo tão basico. Fail. Bobo. E real.
Doi.

Alguém se importa?


Quem lê isso aqui?
Alguém se importa realmente com as coisas que escrevo?
Alguém concorda? Discorda?

Fechando Os Olhos.

(Inspirado - Secret Garden - Dreamcatcher)

Saindo de tudo o que realmente é uma verdade mentirosa, o que encontramos?
Nada de especial. Esperamos por tudo que vai acontecer.
O sofrimento de uma criança não conta como o sofrimento de um adulto.
Conta, como o sofrimento de um cãosinho morrendo na estrada.
O sofrimento de uma criança, se resolve om muito amor e cuidado.
Ao contrario do sofrimento de um adolescente. Que é tratado com remedio.

Ao fechar os olhos e sonhar, vamos para o mundo onde nossas mentes vivem.
Na escuridão dos nossos desejos.
O que lá contece ninguem se preocupa o bastante, sabe que nunca ira o perder.
Ao acordar, vem o sofrimento. Lagrimas de angustia, e de decepção.
Lagrimas sem cor, como o coração. Que é apenas vermelho, pelo sangue.
Que um dia também acabará. E ele voltara a sua real verdade tranparente e enrrugada.

Convite de beijos.

Ironica vida de desejos incondicionais. Ironica saida fechada de nossos obtaculos

Falsa saida de borboletas sem grassas
E libélulas misteriosas.
Falsa comemoração de amor no dia 12
Presentes errados que aceitamos.
Falsos sorrisos
Falsos beijos
Falsos abraços
Falsas lagrimas
Falsos convite de beijos.

Ironica vida de dsejos incondicionais.
Tão incondicional que nem sabemos
Se é realmente vedade.

Nossos convites
Nossos beijos
Nossas vidas
Nossos laços

Falsos e incondicionais,
Tão incondicional
Que não percebemos a fasidade.
Que os olhos nos mostram.
Nossos convites e beijo
Nós os aceitamos
E nem os percebemos.

Apenas o aceitamos.
E nos esquecemos.

domingo, 13 de dezembro de 2009

O caçador, e aquela que gosta de caçar.

Se lhe pedir um beijo, ti se afastá-ra. Se lhe der um abraço, e me esquecer da força, talvez o assuste. Será o mesmo resultado da anterior. Faze-lo acreditar que o amo, não será o suficiente, para quem gosta de ser o predador. Pois gosto de caçar também. Será difícil disfarçar-me de presa. Quando o verdadeiro leão... sou eu. Farei o possível, você sabe, pois sei de seus sentimentos. De suas intenções. Mas tenho que guarda-las para mim. Se errar na doze... talvez erre o bastante para não poder voltar atrás. Diria que Te Amo. Mas não posso. Não sei mais o que sinto. Talvez seja meus instintos trabalhando para o futuro. Para o destino. Que esse destino seja o melhor.

...

Converse com a vida.
Beije os ares.
Respire as cores.
Engula uma paisagem.

Toque um vidro, sinta seu conforto gélido.
Fale com seus pensamentos, pense no que ele disser.
(quem sabe é util?!)
Some sua idade com sua data de nascimento,
o resultado some sua unidade e dezena com a centena - se tiver -
Some novamente o resultado, e faça isso sucessivamente.
Quem sabe de um - um único - numero que sirva para algo.

Olhe um espelho. Entenda o que ele lhe mostra.
Entenda-o e repita os movimentos que ele fizer.
Converse com seus olhos, Suas sobrancelhas tem muito a lhe dizer.
Como sua cor favorita.
Quem saiba você descobre algo interessante.
Algo melhor do que dormir.

Escrevo para a vida ler.
Sinto em vão.
Mas vale a pena.
Escrevo também em vão.
Ninguém deve ler.
O que significa:
Que escrevo para mim.
Mas...
Para quem mais serve o que eu escrevo. São apenas sentimentos confusos de uma menina comum.
Penso também em vão.
Se falasse o que penso, seria em vão.
O motivo?
Ninguém entenderia.
Queria ser um pouco mais significante na minha vida.
Ser amada por quem amo seria um bom começo.
É, mas não posso culpar a ele não é mesmo? Isso seria errado, e muito anormal.
Culpo a mim, por me apaixonar por alguém,
Que já tem sua escolhida.

Te amo
Diria para você
Se por um acaso
Não fosse em vão.
Saudades de seu abraço.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Se eu pudesse cantar
Diria ao mundo meu sentimento.
O sufoco em meu peito.
Explicaria o que é respirar
e não sentir o ar entrar.
Saber que você está bem,
Mas sentir uma forte dor no peito.

A garganta se comprimir,
Como se tivesse vontade propria,
Querer gritar.

A sensação é de morte.
É de tristeza.
Eu te perdi?
É o que pergunto.
Mas sei que não.
Isso é o pior.
Saber de seu amor
Mas não poder te-lo.
Será que é tudo invenção?
É apenas minha a ilusão.

A sensação é de morte.
É de tristeza.
A garganta se comprime,
Como se tivesse vontade propria,
Quer gritar.
A sensação é de não respirar
Quando sinto entrar o ar.


Se eu pudesse cantar
Diria ao mundo meu sentimento.
O sufoco em meu peito.
Explicaria o que é respirar
e não sentir o ar entrar.
Saber que você está bem,
Mas sentir uma forte dor no peito.

O que sinto não tem uma explicação
Todos um dia já sentiram.
Ou sentirão.
O que sinto infelizmente não é correspondido
E isso não é o que incomoda.
Porque eu sei que ele sente o mesmo.
O que me incomoda, é que talvez...

Tudo seja ilusão.

http://www.youtube.com/watch?v=ecexCb1fNo0

...

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

DEIXE-ME VIVER

São tantos pensamentos, arrependimentos, idéias, fatos, vivencias, convivências, pessoas, portar abertas, fechadas, novo, diferente, igual.
Entrando em uma nova paisagem, mas ainda na mesma escuridão. Quando acho que sai, entro em uma nova. Não porque eu crio, mas porque os outros querem criar para mim, e esse outros são gente muito práximas de mim, que acham que sabem o que é o certo para mim, mas na realidade, não sabem. Não que eu saiba, mas a idéia que tenho em minha cabeça, hoje é a que vai acontecer, e se for diferente disso, digo apenas uma simples giria: QUE DÓ DE VOCÊS!
Eu cansei, cansei mesmo de ser mandada por adultos que encheram a realidade de um modo realmente difícil. A vida é tão simples, fácil. Você nasce, vive e morre. Não é isso que se resume a vida? Então deixe-me viver. Como poderei morrer sem completar a segunda faze da vida. A faze mais interessante?
DEIXE-ME VIVER! DEIXE-ME HOJE EU ESCOLHER MEU FUTURO! DEIXE-ME ESCOLHER MEUS CAMINHOS A PERCORRER! - grito mais alto - ESQUEÇA 2OO9, FAREMOS O 2OO9 EM 2O1O! ME ACOMPANHE NESSA RECONSTRUÇÃO DOS ANOS PERDIDOS! ACOMPANHE-ME NESTA NOVA AVENTURA 2OO9/2O1O! GARANTO-LHE QUE NÃO SE ARREPENDERAM. Mas só se me derem a chance de EU escolher meu futuro! Minha vida é minha, se vocês escolherem por vocês o que EU devo fazer com MINHA vida, O QUE será de MIM quando EU puder ESCOLHER SOZINHA MINHA vida no futuro? - pisco fortemente e continuo - DEIXE-ME VIVER! ESCOLHER MINHA VIDA 2OO9/2O1O! DEIXE-ME VIVER!!




Sei que vocês dois saberam que são para vocês!

Cabeças diferentes.

São hoje, muitas coisas para pensar, viver, sentir e falar. Ninguém me dá esse espaço. Não o suficiente! Não adianta as pessoas querer entender meu modo de pensar porque não vão conseguir. Sou diferente, sei que sou, e escrevo aqui, para que todos vocês também saibam. Por favor parem de falar para mim coisas do tipo, quero entender o que se passa na sua cabeça. ou porque você pensa assim, ou até mesmo, me explica esse pensamento, porque ninguém vai entender o que eu penso, como eu penso porque eu penso assim, e não tem explicação. Ou você pensa igual a mim - como saber isso? simples, veja se você faz essas perguntar (as de cima) para mim. - ou você simplesmente pensa igual o resto.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

No quem sou eu do orkut

Todos tem costume de aqui colocar seus melhores lados. Para causar aquela primeira impressão, sabe? Mas do que adianta as pessoas estarem preparadas para o seu melhore, se os desafios que elas vão encontrar mesmo - em relação a você - estão nos seus piores dias?  Nos seus piores atos? Nos seus defeitos?

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Está cena

Foi bom conhecer, poder ter uma opinião a respeito disso. De você.
O que mais me impressiona, é o fato de que você esconde dizer o mesmo. E eu sei a sua opinião.
Eu queria simplesmente, mais do que te conhecer!
Eu quero simplesmente, muito mais do que sentir você.
Sentir seus lábios nos meus, sem importar no bom ou no ruim. Vai ser bom.
Durmo toda noite imaginando uma cena. A nossa cena!
É o desejo de realiza-la é que me faz acordar todos os dias de manha.
Se não, dormiria eternamente imaginando esta cena em mim, e a cada dia. Iria aperfeiçoando.
Mas aqui, acordada, eu a aperfeiçoou de noite.



Sim, está cena vai acontecer meu amor!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Como pode ser real, existir?

Me perguntariam se já disse que amo alguém, respondi que sim.
Me perguntariam se foi real, eu diria que era.
Foi então que me perguntaram a quem foi a minha declaração. Olhando para baixo respondi que não sabia.
- Como não sabe a quem ama? - perguntou então.
Olhei nos olhos daquela pessoa, e respondi com firmeza:
- Da mesma forma que você já disse que vive. Sem saber se é mesmo real.
A pessoa com duvida me olhou, deu um passo para trás, olhou os pés, e voltou a me olhar - ainda com um ponto de interrogação no lugar das pupilas.
- Como alguém pode ser real, existir, se nada sabe sobre o que está além da morte? Quem sabe... - a olhei - aqui, não seja a morte, e a morte o próprio amor? A felicidade? A vida? Como pode ser real, existir, algo como tristeza e guerra, ódio e farsa? Como pode real ser, existir... - olhei para meus pés, minhas mãos que, para cima viradas estavam no centro de meu corpo. - Algo como o falso amor?

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

"The Saltwater Room" Own City

Eu posso abrir seus olhos esta noite?
Te fazer conhecer o mundo alem do óbvio fanático e igual o de sempre?
Eu queria muito fazer você conhecer tudo isso aqui.
Você aceitaria sair comigo hoje,
para eu te apresentar a vida além da realidade?
Você deixaria eu te levar para fora de seu habitat:
o básico o de sempre, a rotina igual de todos os dias
Aceitaria um passeio pelo?
Um simples passeio a dois para conhecer o mundo que você não conhece(...)

eu não se posso confiar nisso
(eu te prometo que não vai se arrepender)
por mais que eu te conheça a tempo
(eu te trago a tempo.)
(                 oh tempo!)
eu não seu posso dizer que sim
(é calro que pode dizer que sim, nada vai acontecer)
é que eu tenho medo do que possa acontecer
(a gente é dono do tempo, ele te obedecerá se pedir)
(                                        ele me obedecerá se pedir)

Eu te prometo que nada sairá errado
Só está noite, eu quero realmente você
Inteiramente para mim, entende o eu eu digo?
Eu te levo para casa a tempo de você
Assistir a novela se quiser é claro você fica
Eu juro que não vou me importar


eu não se posso confiar nisso
(eu te prometo que não vai se arrepender)
por mais que eu te conheça a tempo
(eu te trago a tempo.)
(                 oh tempo!)
eu não seu posso dizer que sim
(é calro que pode dizer que sim, nada vai acontecer)
é que eu tenho medo do que possa acontecer
(a gente é dono do tempo.)
(                         oh tempo!)


se juntos nos virem o que acharão
se juntos estivermos o que dirão
se o tempo não der o que conto para meus pais

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

"medrosas se escondem a espera de um perigo"

Você não acreditaria em seus olhos
se ao olhar para o céu visse o além das nuvens:
um outro planeta seguindo a terra em sua órbita,
uma estrela se apagar e cair diante de seus olhos
em um outro lugar; o nada

Eu até tentaria te fazer acreditar,
mas seria difícil você me acordar,
estaria sonhando com libélulas verdes

Você não acreditaria em seus olhos
se eu a chamasse para, a noite, observar.
Você acharia graça do que eu dissesse,
se, se no céu não houvesse provas.
Você olharia indignada pela verdade,
se, se no céu houvesse uma nuvem fofa esperando ser apertada
se, se no céu, não houvesse estrelas para se admirar.

Eu pediria um espelho, você me perguntaria porque,
não perguntaria?
Eu diria para você se olhar,
e então você acharia as estrelas.

Em seus olhos escondidas atrás das pupilas,
perigosas a espera de um chamado.
medrosas se escondem a espera de um perigo.
E qual seria esse perigo você me perguntaria,
sem que eu tivesse dito algo.

E eu lhe responderia: feche os olhos.
Você os fecharias, não os fecharia?

(Está no feminino, mas a dedicatória não é para uma mulher.)

Ouço passos, escuto alguém

:*Ouço passos na escada escuto a porta abrir
*Olho no espelho um rosto incomum
*alguém de pele clara
*uma mulher magra

*Ouço passos na escada
*escuto a porta se abrir
*olho no espelho e um sorriso me chama
*dentes brancos me convidando
*seus lábios se movendo

*Ouço passos na escada
*escuto a porta se abrir
*ao olhar no espelho me perco em desejo
*e sonho que morri
*acordo com sede
*olho novamente no espelho
*e sangue é só o que vejo

*Olho para o lado
*uma mulher de pele clara
*uma boca me chama
*seus olhos vermelho me hipnotizam
*perco a nossão
*e durmo, sonhando com sangue
*acordo com sede
*!

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Passado pelo fogo

NADA ALÉM DE DESEJOS. SONHOS E TRISTEZAS VEM JUNTO, ACOMPANHANDO E MOLHANDO CADA MOMENTO. JÁ ÚMIDOS, ELES SE DESFAZEM EM MINHA MEMÓRIA. COMO UM PAPEL NA AGUA, QUE DEPOIS DE MOLHADO NUNCA MAIS VOLTA AO NORMAL. VOCÊ PODE SECA-LO, MAS NUNCA DEIXA-LO IGUAL. ALGO FICARA BORRADO. E EM MEU PASSADO ÚMIDO TENTEI PASSAR O FOGO PARA SECAR MAIS RÁPIDO. O RESULTADO NÃO FOI BOM. AGORA VIVO MEU PRESENTE LEMBRANDO DAS CHAMAS QUENTES E VERMELHAS QUE CADA VEZ MAIS PARECIAM AUMENTAR.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Declaraçoes

Em declarações de amor

Nada se resolve

Nada se descobre

Alem do obvio

que é o falso amor...

Em declarações de amor

Só se sabe se é fácil de dizer

Com olhos

E com o lábio em movimento

Esclarecer a verdade sobre o sentimento


Em declarações o que se fala

É seguro de que é falso

É seguro de que raramente é fiel


Em declarações, mostra-se fraco.

Prova-se que seus lábios

Não sabem nos mostrar o sentimento fiel.

Desta vez a musica é de Michelle para Emma sua melhor amiga que vai partir de Victoria para Vancouver, para seu amor, Philippe, e sua querida Mãe...

“Eu te disse relaxa, eu estou aqui. Ou foi você quem me falou isso? Eu sonhei com você. Você sonhava comigo. Mas nunca tive coragem de te procurar. Quero pegar na sua mão e sentir você falar o que seu coração me diz Sonho com este momento dês de sempre. Seus lábios ao encontro dos meus

Eu te disse para relaxar! Ou foi você quem me disse isso? Eu não em lembro! Perdi a noção da vida de repente. Acho que é você quem não lembra? Ou eu mesma que perdi a noção da vida... Ai me desculpe de duvidar! Não me sinto bom com sua partida amiga.

Sonho e me confundo com a realidade. Saudade. Noção, cadê? Eu a perdi de novo? Ou, não! Eu disse para mim mesma para relaxar. Ou foi num sonho em que minha mãe apareceu. Acho que foi ela quem disse isso... Amiga como vou ficar com sua partida?”

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Bons, e velhos tempos.

𣆮ø diz:
de uma brisa olhastes para tras.. aqui estou eu
sera esta a pessoa errada para aparecer?

Taaati Sca. diz:
Uma rara brisa que passa sob meu corpo. Oh! Errante brisa facinante em meus olhos, Porque tão pouco passas por mim!?

𣆮ø diz:
para que valores de a ela
nao obstante aquela que aparece com frequencia pouco faz falta
pouco perceptível passa ao tocar de seu corpo
o que sentes ao passar de minha brisa?

Taaati Sca. diz:
Sinto calor e frio.. Sinto falta e um perfume, Quando fecho os olhos 
meus, o vejo dentro dela chamando-me em assovios
O que você, suave brisa, sente ao tocar-me leve?

𣆮ø diz:
nao sinto, pois passo desapercebido, cego
minha brisa é passageira logo vem, logo vai
pouco acrecenta àqueles que anseiam senti-la

Taaati Sca. diz:
Oh!, passageira 
brisa! Porque tu não ficas parada só um instante?
Faça ,com seus cegos olhos, a mais linda visão!
Imagine-se diante daquela brisa fememina, cega também, que nunca o verá.
Sinta por um instante, um curto instante, mas sinta, o que o calor...

𣆮ø diz:
estarei pronto quando passar
estou treinado para despertar os ventos perdidos
o dominarei e velejarei eternamente em uma embarcaçao de amor

Taaati Sca. diz:
Das mais leves brisas os mais violentos ventos nascem...
Com os perdidos ventos?
Um amor entre uma suave brisa e um agressivo vento.
Que romantico. Daria uma linda estória....
Se fosse possivel sobreviver a algo tão espetacular, para alguém detalhar em um pergaminho.

(Dedicatória: Pietrooo)

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

John Mayer - Tori(Acustico)

Eu não sei
Eu quero
Mas eu sei/ que se eu olhar ao redor
Acharei muito...mais realidade
Não posso viver de alegria

Eu não sei
Eu quero
Mas se eu me dei/xar levar a toa
Meu mundo/ verdadeiro cairááá sobre mim.

Se eu correr até você
Gostaria de uma verdadeira ajuda

Eu não sei
Eu quero
Como a noite

Eu não sei
Eu quero

Um certo chão.
Um que não caia.
Um cimentado com verdades

domingo, 1 de novembro de 2009

Pela primeira vez...

Foi no soprar do vento que pela primeira vez respirei. Foi pelo toque da rosa em minha pele que pela primeira vez senti. Foi pelo verde o espinho da rosa me espetou que chorei a primeira vez. Foi a ouvir sua voz trazida dos ventos que pela primeira vez sorri. Quem será este homem que em meus sonhos que ataca e me seduz? Quem será está pessoa que ao escutar os murmúrios das arvores me faz entregar-me inteira para o pecado do prazer imaginário. Quem será este ser que me faz pecar em seu nome...?

domingo, 25 de outubro de 2009

Daughters - John Mayer

Ta ae minha versão da musica do John

Ahh... Hoje conto/ uma pequena história/ de uma pequena menina,
que/ pelo seus tristes pensamentos foi recusada pelo céu.
Hoje/ ela costuma zanzar/ pelo mundo sem saber se o que faz é certo.
Ela/ desistiu de tentar e tentar ser aceita no céu.

Seus pais/ não aceitavam seu jeito.
Seus amigos não entendiam.
As pessoas queriam ajudar,/ mas não entendiam que ela gostava de ser assim.
Ela tinha vergonha de contar para as pessoas de seu jeito.

Chorava/ sozinha/ nos cantos escuros do colegio.
Escrevia sozinha/ suas memorias mais pesadas sobre o mundo.
Suas lembranças mais tristes.

Seus pais não aceitavam//seu jeito.
Seus amigos não entendiam.
As pessoas queriam ajudar,/ mas não entendiam que ela gostava de ser assim.
Ela/ tinha vergonha/ de contar para as pessoas/ de seu jeito.

(1:30)
Elaaaa sentia-se só/ e não entendia/ porque não se sentia mal.
Ela sentia as lágrimas/ molharem seu rosto
Mas não tinha medo do que isso poderia fazer com ela.
(...)
Ela se sentia só/ e não podia fazer nada
Ela sentiaas lagrimas/ mais gostava delas

Seus pais não aceitavam seu jeito.
Seus amigos não entendiam.
As pessoas queriam ajudar/, mas não entendiam que ela gostava de ser assim.
Ela/ tinha vergonha/ de contar para as pessoas/ de seu jeito.
Ela/ tinha vergonha/ de contar para as pessoas/ de seu jeito.
Ela/ tinha vergonha/ de contar para as pessoas/ de seu jeito.

Jogada, expulsa de você

Fui expulsa, obrigada a partir.
Fui jogada, excluída de seu coração.
Fui tudo que pude ser,
tentei mais do que eu podia.
Fui expulsa,obrigada a partir.
Acharam que eu não sabia o que era o sentimento.
Fui jogada, excluída de seu coração.
Hoje eu acho que você não sabe o que é o sentimento.
E hoje ando, ando, ando,ando sem uma certa direção.
Penso sozinha de olhos fechados em minha cabeça.
Durmo sozinha de olhos fechados em minha cabeça.
Sonho sozinha de olhos fechados em minha cabeça.
Choro sozinha de olhos fechados em minha cabeça.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Owl City - Fireflies

Olhando para as estrelas/ viajando em um mundo novo/ será que tudo tem concerto?/ Abro meus olhos e vejo/ o céu igual. As mesmas sobras formadas por sentimentos ruins/ ruins/ Um arco-íris se forma chamando/ o mundo para a alegria,/ mas seu/ pote de ouro se fecha tão rápido que não tem tempo de sugar a Terra/ para seu centro de prata e alegria/ Doentes verdes e borboletas/ saltitam cada um em seu tempo. /No escuro os vaga-lumes acordam,/ acendem seu amarelo /e rodam círculos retos no centro de um riu marrom./ Pessoas apontam e comentam /sem saber que /tudo/ não se passa de um sonho noturno/ Suas mentes brilhantes viajando/ em sonhos coloridos./ Sonhos sem sentido/ O tempo passa e a musica da noite/ vai diminuindo e sol aparecendo/ iluminando tudo a sua frente/ a lua branca vai desaparecendo/ Alguém olha apara o céu e diz: /Olha a lua! Olha o sol! Os dois juntos? Nossa que de mais. De mais/ E quando pisca acorda/ em sua cama as seis e meia da manha e esquece de tudo que se passou./ Tudo se repete na noite seguinte e na seguinte tudo de novo se repete./ Os doentes acordam, os vagalumes acendem e o arco-íris volta a brilhar. Você está sonhando de novo/ Os doentes acordam, os vagalumes acendem e o arco-íris volta a brilhar. Você está sonhando de novo/ Os doentes acordam, os vagalumes acendem e o arco-íris volta a brilhar. Você está sonhando de novo

domingo, 18 de outubro de 2009

Continua

Para mim será algo novo. Algo diferente. Uma nova experiencia. Uma nova vida por algum tempo.
Mas você fez tanto pouco caso que eu nem sei se realmente vai mudar alguma coisa eu muda de vida.... Bom paa mim vai, mas digo: para nós. Que pena.... Não poder dizer o mesmo para você...

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Decisão final

Tem uma hora, sabe, que agente precisa sair, mudar, desaparecer da vida de alguém porem tempo. E agora é isso que eu decidi fazer.. Sair um pouco da minha vida. Muda de casa. De pais. De pessoas. De vida. De rumo! Isso não fará mal a ninguém. Talvez um pouco para mim. Mas fará você pensar na sua - nossa - vida. Agradeço as coisas boas. Sinto pelas ruins. Bom, enfim, é a vida não é mesmo? Um dia agente morre e esquece tudo isso =D

Beijos, foi bom morar catorze anos com você... Vou mudar durante uns dez a quinze dias um pouco. Se eu gostar. Quem sabe não mude de vez? Acho que não. Mas na vida. Tudo é muito improvável não é mesmo?

(Dedicatória: xxx)

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

FAMILIA EM GERAL!

O que um dia era amor hoje é o que? Alguem me responde?
O que ontem era vida hoje se tranforma em tentativa de suicídio.
O que um dia forá compaixão hoje éum fogo em meu olhar,
é uma mancha emminha lagrima
é um vazio total em minha mente!

Uma vontade louca de dormir e não acordar....
Uma louca vontade de sumir e voar!
Quero gritar!
Quebrar tudo que vejo! Uma grandedor de cabeça!
E um malestar!

Eu to perdida!
Nao sei para quem correr para onde ir!
Presiso de um pai - o meu faleceu ano passado -
E da que apouco falecerá minha mãe!
A quem correrei? A meu irmão?
Que irmão? Ele e nada é algo tão igual!

AAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHH

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Para minha querida X.

É, você só me faz sentir mais raiva de você!
Não adianta mesmo. Você é a que mais me faz sofrer
E a pessoa com quem não me abro. Pois se acontecer tal coisa, você logo arranja algum artefato para acertar em cheio meus sentimentos contra mim.
Prazer esta é você.
Prazer esta é a pessoa com quem convivo a 14 anos e meio.
Prazer esta, é quem você me mostra ser.
Sei que você pode ser melhor que isso. O seu problema é que você não sabe lidar. E não é me batendo - esmurrando - me deixando de castigo - me proibindo tudo - que você vai me - nos - ajudar.
Machucados curam - as amarguras ficam - o tempo passa - o ódio continua. Entende o que eu quero dizer minha querida X?

O coração é um o sentimento é um eu sou uma
A pele se regenera - troca -, o tempo muda - passa.

Dizer um te amo, é tão simples, facil, inutil, banal, bobo, infantil...
Sentir um te amo dentro de vocêé diferente. Não seio que ocorre comigo, mas o sinto dentro de mim, e está é aprimeira vez! Não entendo o motivo, pois os motivos now são compeltamente diferentes...
Nunca ouvirá tais palavras saitem da minha boca sendo ditas a você.
Nunca deixaria de le-lás em meus falsos olhos de tristeza.
Nunca ouvirá meu coração batendo felicidade outra vez. Ela não existe mais dentro de mim.
Nunca sentirá em minha pele um choque de ternura xxx e xxxxx e carinho entre nós.
Que pena. Seria realmente lindo. Chocante, maravilhoso, diferente. But...
(Continuo amanhã)


terça-feira, 13 de outubro de 2009

De Philippe para Kate e Mich...

Dividido: entre duas perfeitas.
Confuso: em qual delas arriscar?
Estérico, apaixonado
triste e solitário

Desejando, realizado
conho com uma enquanto
durmo pensando "noutra".
Beijo aquela masi proxima,
as vezes pensando na distante.

Enquanto a que está longe, chama minha atenção por uma foto,
eu me divirto com a ex-nova paixão. Como no passado; presente.

Partido no meuio... onde arrisco?
quem não arrisca, não petisca...
e se eu errar?

E se eu acertar?
Será tarde de mais para concertar?
Quem arrisca petisca.
Em quem devo arriscar?

Enquanto vivo um romance ativo no presente real,
vivo num presente enamorando,
sonhos realizados num curto passado.
Será que você é como lembro de você?

Larissa essa é pelo seus 15 anos!

A quinze anos atrás algo de novo aconteceu.
Não estava viva, por isso sei.
De cima pude ver e ouvir:
seu choro ao pela primeira vez respirar;
e o de seus pais ao pela primeira vez
olhar seu lindo rosto coberto
com sangue da vida.


O choro mais belo e doce,
de uma criança ao entrar
pela primeira vez em um novo mundo
ao respirar os primeiros ares.
Ao acordar de um sono inventado,
para um sonho que logo acabara.


Na vida meu amor,
existem coisas muitos perigosas
por mais banais que sejam,
por isso lhe rezo por cuidado


Na vida minha mais nova amiga
existem pessoas que vão lhe fazer sofrer.
Por isso lhe dou hoje meu ombro.


Na vida minha querida Larissa...
Existem o lado bom e o lado ruim,
por isso lhe peço que tome cuidado,
e lhe digo o manual da vida
em poucas palavra curtas:
Não tem regra...
Não existem leis...


O que você precisa fazer,
minha querida Larissa
é entender que na vida
se joga com o lado ruim
para ser o bom.


Por mais triste que seja,
a verdade é essa.
E nessa data tão significativa
para você e seus pais...
Eu te desejo toda a sorte do mundo
Mas também um pouco de azar,
pórem, ninguem aqui é perfeito
e também, porque pagar um mico é gostoso de vez em quando né..
Te desejo felicidades. Muitas felicidades.. Um beijo meu amor!
Adorei te conehcer!


(Fico meio gay... Mas tudo bem hehehehe)


segunda-feira, 12 de outubro de 2009

A dois. Pietro e Tatiana.

- Emprestaria-me sua voz a um coral?

- Lhe daria se quisesse, e se hoje soubesse alcançar meu tom.

- Daria-me tua voz? A alguem que canta apenas um rasoavel tom tenor?

- Canta maravilhosamente bem.

- Somente canto...

- Canta, o bastante para confortar meus ouvidos em meu sono. O bastante convidativo para seguir-me em silencio por um mundo aparte. Este mundo que faz ilusão aos meus sonhos.

- Canto apenas para animar sua alma entristecida para reatar o voo de sua imaginação e libertar as asas de seus desejos. Canto para retornar a vida as belas faces molhadas por lágrimas e fazer com que de um tristonho feixe desenvolva-se o mais lindo sorriso

Parte do cap. Oito do meu livro.

"- É isso que quer? – não esperei resposta, vi seu lindo sorriso florescer em seu fino rosto e então a beijei como se fosse a primeira vez: muito desejo. Desci minhas mãos até suas grossas coxas a fim de fazer com que encontrassem, fui detido por outras duas mãos. Ela segurou as minhas e as apertou enquanto subia até sua cintura. Lá as mantive até o termino do beijo."

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Inspirado pelas chuvas

"Foi ao cair a primeira gota de chuva
que percebi meu sorriso abrir...
Ao sentir o frio da noite que chegara
que tremi a primeira vez.
Quando vi alguém sorrir para mim
descobri o que era se apaixonar perdidamente

Ao sentir o suave toque da chuva em minha pele
algo estranho perturbou-me o peiro,
não saberia dizer o que é,
medo, surpresa, encanto...
simplesmente senti


Um orvalho lento caiu sobre mim,
meu corpo que antes estivera quente,
esfriou-se pelo suave vento
companheiro do orvalho.

Foi um sorriso que me fez feliz um dia.
Os dentes de alguém a mostra
dizendo-me "beije-me" claramente.
Um simples toque,
um comum momento
simplesmente apaixonado e atraente.
Foram lábios vermelhos,
dentes brancos,
e o poder do toque que fizeram
tal sentimento acordar"

Dedicatória: Allan Parizotto

Quem um dia parou para pensar no nada?

Quem realmente já viu o por do sol? Já deitou na grama e sentiu o calor tocar-lhe a pele? Sentiu os aromas distintos da vida... Ou quem um dia saboreou a mistura das cores claras ao se juntar com as cores escuras da noite?

Quem já sentiu prazer com um toque? Tremeu ao cruzar dos olhos? Temeu ao simples toque de duas mãos distintas, ou o roçar dos braços num andar descuidado?

Que um dia se apaixonou pela lua cheia? Observou-a longo tempo vendo as nuvens passarem por ela, transformando seu tom claro em um tom escuro? Ou olhou-a atentamente procurando em suas manchas abstratas algum desenho nítido...

Quem já descreveu uma cor? Um cheiro? Prestou atenção para sentir as texturas diferentes ao deu redor, e por elas distinguir sua cor. Ou ver o aroma doce de uma rosa vermelha dançar a valsa da vida ao seu redor. Algo mais suave?, menos tentador? Ver então o aroma suave de uma rosa branca nadar em seu pescoço e pulsos.

Será que alguém um dia parou para pensar no nada?
No que alguém jamais pararia para pensar?
No óbvio, no fácil...

sábado, 3 de outubro de 2009

Resposta para Tabah.

Vivo pelo sofrimento. Do valor ao sentimento que tras a felicidade Que mal tem nisso? A morte? Mais sofrimento? A vida é o que? Não deixa de ser a morte. Nós sofremos mais vivendo do que morrendo.. Já parou para pensar? Faz completo sentido... Espero que entenda.... Não procuro o sofrimento... Eu apenas dou valor aquilo que trás a felicidade. Se não fosse o sofrimento do que seria a felicidade? Ela seria algo comum, e provavelmente não seria esse não que lhe dariam... Beijoos

As cores da vida

Hoje percebo o quanto fui feliz... E o quanto vivi de raiva de odio! Os dias em que quis me suicidar e os dias em que quis sair saltitando na rua gritando "SOU FELIZ" até chegar no final do arco-iris! Talvez esse dia tenha chagado... E pelo visto o perdi. O esqueci em sonhos de duendes e aora vivo o real, a dura realidade de que o fato verdadeiro é que na verdade o arco-iris não existe... E que são masi de sete cores. Mas nosos olhos só enchergam essas tais. Essas fracas e antigas. As mais comuns e primitivas cores da vida....